24 Fevereiro 2017
Página inicial / Canais / Academia
Homenagem a Jorge Araújo

Jorge Araújo, ex- Reitor da Universidade de Évora por três mandatos, foi, no dia 11 de Maio, alvo de uma homenagem  por parte da Escola de Artes, com o acto simbólico da atribuição do seu nome à Biblioteca do Colégio dos Leões. A homenagem aconteceu durante as celebrações do dia Escola de Artes.

 

Nas palavras do Director da Escola de Artes, Christopher Bochmann, “foi devido à intervenção do Professor Jorge Araújo, que se criou uma Escola das Artes” e salienta que “sendo a biblioteca uma parte da Escola que junta a Arte, por um lado, e junta a Academia, por outro, o estudo académico e também o estudo artístico, pensámos que seria pertinente dar a esta Biblioteca o nome do Professor Jorge Araújo”.

Questionado sobre o significado que esta homenagem tinha para si, o Professor Jorge Araújo respondeu que “esta homenagem significa algum incómodo porque tenho a concepção, provavelmente errada, de que as homenagens se fazem a título póstumo e eu, ao receber esta homenagem, das duas, uma, ou sinto que veio antes do tempo ou sinto-me já no outro mundo [risos]. Mas queria dizer que é com grande alegria que recebo porque me faz recordar todo um percurso de 20 anos, que medeia desde o momento que se conceberam os ensinos artísticos até hoje, que vivemos uma Escola de Artes, e faz-me recordar todas as etapas pelas quais passámos, faz-me recordar as dificuldades que tivemos mas também as alegrias que este projecto nos proporcionou e consolida-me a convicção de que foi uma aposta muito bem jogada, não só para bem da Universidade de Évora, mas também para bem da cidade.”

Sobre a proximidade, ou distância, do que é hoje a Escola de Artes da visão inicial, refere que o projecto sonhado não está “completo”, falta o curso de Dança, os cursos “complementares” como a Sonoplastia e a Luminotecnia e outros cursos tecnológicos que se articulavam com as Artes.  “Esses ainda não viram a luz do dia e eu espero ainda ter tempo para continuar a insistir nos ouvidos do poder instituído para que esses cursos venham a ser criados, porque eles complementam os que já estão criados”.

Para a Reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, esta é uma homenagem muito merecida, já que o Professor Jorge Araújo, teve a sensibilidade necessária para entender que as Artes têm características diferentes das restantes áreas do conhecimento e sempre defendeu uma Escola de Artes independente e sólida.

Publicado em 12.05.2015