21 Outubro 2017
Página inicial / Canais / Academia
UNIVERSIDADE POPULAR TÚLIO ESPANCA PROMOVE NOVOS PROJETOS DE EDUCAÇÃO POPULAR NA ACADEMIA EBORENSE

A Universidade Popular Túlio Espanca (UPTE) levou a cabo, na tarde de sábado, dia 6 de Junho de 2015, na Associação de Moradores do Bairro de Almeirim, uma sessão de preparação para a visita de estudo que, no próximo dia 14 do corrente, vai levar um conjunto de sessenta pessoas a conhecer Campo Maior.

O Centro de Ciência do Café (Delta Cafés), a Adega Mayor, o Lagar-Museu Palácio Visconde d´Olivã, o Museu Aberto de Campo Maior e uma oficina das Ruas Floridas serão alguns dos pontos no roteiro desta visita. Por isso, alguns estudantes e docentes da academia eborense estão envolvidos na preparação desta visita, nomeadamente sobre algumas temáticas da visita, nomeadamente o processo de produção, torrefação e descafeinação do café, o traço arquitetónico de Siza Vieira, na Adega Mayor, o conhecimento do processo de aromatização de azeites com plantas aromáticas e as lendas associadas ao nascimento de Campo Maior.

A palestra realizada na Associação de Moradores do Bairro de Almeirim – que contou com a participação dos Professores Bravo Nico e Lurdes Pratas Nico (Departamento de Pedagogia e Educação) e Celeste Silva (Departamento de Biologia), do estudante Manuel Machadinha (estudante da Licenciatura em Agronomia), de estudantes dos 2º e 3º anos da licenciatura em Ciências da Educação e o apoio do Grupo de Jovens daquela associação – deu a oportunidade, aos participantes, de conhecerem, previamente, um pouco do concelho de Campo Maior e de aspetos relevantes de alguns dos locais a visitar. Na próxima sexta-feira, pelas 10:30, a Escola Comunitária de São Miguel de Machede (SUÃO-Associação de Desenvolvimento Comunitário) acolherá, também, esta palestra.

Esta visita de estudo enquadra-se no âmbito do projeto «Janelas Curriculares de Educação Popular no Ensino Superior Universitário», financiado e apoiado no âmbito do Programa Gulbenkian Qualificação das Novas Gerações/Projetos de Desenvolvimento do Ensino Superior. O projeto é coordenado pelos Profs. Bravo Nico e Lurdes Pratas Nico, conta com dois Bolseiros de Investigação (Mestres Antónia Tobias e João Barnabé) e tem a parceria formal da Escola Comunitária de São Miguel de Machede/SUÃO-Associação de Desenvolvimento Comunitário, do grupo de comunicação social Diário do SUL e da Associação de Moradores do Bairro de Almeirim.

Publicado em 09.06.2015