21 Setembro 2017
Página inicial / Canais / Academia
UÉ promove mobilidade sustentável

Quinhentas bicicletas vão ser colocadas ao dispor da comunidade académica pela Universidade de Évora (UÉ). U-BIKE Portugal, projeto que viabiliza esta ação, arranca amanhã, 16 de setembro, dia em que serão assinados os contratos com os 15 parceiros do consórcio liderado pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I. P. (IMT), numa cerimónia que terá lugar na UTAD.

 

Corta a tua meta com UBike UÉvora é a sugestão deixada pela UÉ à comunidade académica, que incentiva a utilização de bicicletas como uma alternativa ao transporte individual motorizado, contribuindo assim para diminuição do congestionamento das cidades, para a redução de consumo de energia, das emissões de gases com efeito de estufa e de poluentes atmosféricos.

Referindo-se às potencialidades do projeto, Ausenda Balbino, Vice-Reitora da UÉ, sublinha as questões relacionadas com a sustentabilidade ambiental e a promoção de um estilo de vida mais saudável, responsabilidades que cabem às Instituições de Ensino Superior, “Olhamos para esta iniciativa como um exemplo e modelo a seguir, para construirmos um futuro mais promissor e sustentável. Queremos proporcionar aos nossos estudantes, aos docentes e não-docentes, investigadores e a todos os que diariamente connosco colaboram, uma Universidade saudável, acolhedora e cada vez mais atrativa, aproveitando as valências patrimoniais e culturais de uma Cidade (universitária) Património da Humanidade.

O projeto envolve a cedência de bicicletas (200 elétricas e 300 convencionais) por períodos de longa duração (6 ou 12 meses), a instalação de uma infraestrutura inteligente de parqueamento e carregamento para as bicicletas elétricas, bem como um sistema avançado de monitorização das mesmas em tempo-real.

Financiado pelo programa Portugal 2020 e coordenado pelo IMT, o projeto U-Bike Portugal responde aos objetivos definidos no Plano Nacional de Acção para a Eficiência Energética (PNAEE) 2013-2016, que classifica os transportes como área prioritária para a melhoria da eficiência energética, através da promoção da mobilidade ciclável.

Publicado em 15.09.2016