21 Setembro 2017
Página inicial / Canais / Academia
Alentejo e Extremadura espanhola cooperam na criação de rede arqueológica transfronteiriça

Decorreu no dia 01 de Fevereiro, na Universidade de Évora, uma reunião promovida pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior que visou a articulação entre diversas entidades públicas e privadas ligadas direta ou indiretamente ao Património, com vista à prossecução de um projeto de cooperação transfronteiriça entre o Alentejo e a Extremadura espanhola.

O projeto visa essencialmente a criação de uma rede transfronteiriça de divulgação do património arqueológico de ambos os territórios.

A reunião, conduzida pela Secretária de Estado, Fernanda Rollo e pela Reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, contou com a presença de representantes de diversas entidades, entre as quais instituições de ensino superior, a Direcção-Geral do Património Cultural, a Direção-Regional de Cultura do Alentejo, através da sua diretora Ana Paula Amendoeira ou a Coordenadora da Unidade de Missão de Valorização do Interior, Helena Freitas.

Este encontro, com fins exploratórios, teve como objetivo central o diálogo entre as várias partes interessadas, no sentido de perceber quais os caminhos, ações e linhas de trabalho possíveis no âmbito deste projeto.

De acordo com as informações avançadas, o projeto centrar-se-á nos seguintes eixos fundamentais: património arqueológico, ciência aberta, ciência cidadã, turismo científico, projetos de I&D e laboratórios colaborativos.

De salientar que este projeto de cooperação transfronteiriça foi já apresentado pela Secretária de Estado à Secretária Geral de Cultura da Junta da Extremadura e à diretora do Gabinete de Cooperação Transfronteiriça, numa reunião que decorreu no dia anterior em Mérida, com balanço positivo.

Publicado em 02.02.2017