20 Novembro 2017
Página inicial / Canais / Academia
Universidade de Évora cria Cátedra na área aeroespacial

A Universidade de Évora (UÉ) cria cátedra dedicada à área do aeroespacial. A assinatura do contrato decorreu sexta-feira, dia 28 de abril, no Pólo da Mitra da UÉ, por Ana Costa Freitas, Reitora da Universidade de Évora, Paulo Ferrão, Presidente da FCT e José Rui Felizardo, Presidente do CEiiA, durante o Seminário Desafios para a investigação no Mediterrâneo: Alimentação, recursos e territórios.

A nova Cátedra conta com um investimento de aproximadamente 100 mil euros e será coordenada por um investigador especializado. O objetivo central é desencadear a investigação e o desenvolvimento de materiais e de sistemas inovadores para a indústria aeronáutica, para a robotização e automação, bem como os aspetos da certificação de processos e integração de sistemas.

Ana Costa Freitas, Reitora da UÉ, sublinhou o fato de estarem a “estabelecer-se em Évora”, diversas “empresas de aeronáutica”, onde a UÉ apresenta já competências na área, pelo que, com a “criação desta Cátedra, a Universidade dá mais um passo na sua missão fundamental ao nível da transferência de conhecimento e tecnologia, sedimentando o seu papel como motor de desenvolvimento da região, e potenciando o cluster aeronáutico que aqui se tem vindo a desenvolver nos últimos anos”, informando ainda que a UÉ vai abrir uma pós-graduação em aeronáutica, existindo ainda o objetivo de criar um mestrado integrado nesta área.

Paulo Ferrão, Presidente da FCT, considerou “da maior importância desenvolver estas ligações” entre “Universidade e empresas”, para o responsável da instituição de financiamento de ciência em Portugal, este “é um momento particularmente importante, pois esta é uma empresa com um trabalho significativo na área aeroespacial”, potenciando assim o desenvolvimento do setor aeronáutico no nosso país.

Publicado em 02.05.2017