23 Novembro 2017
Página inicial / Canais / Academia
Equipa de futebol 11 recebida na UÉ

Ao sagrar-se Campeã Nacional Universitária de Futebol 11 a Universidade de Évora garantiu o acesso ao Campeonato da Europa da modalidade, que decorre na cidade do Porto entre 23 e 30 de julho. Antes da partida para o Porto a delegação foi recebida na Universidade de Évora com o objetivo de homenagear o esforço e dedicação dos atletas e desejar o maior sucesso nesta etapa.

A Diretora dos Serviços de Ação Social da UÉ em representação da Reitora deu os “parabéns à comitiva”, recordando que impendentemente do resultado, são já para a Universidade de Évora uma equipa “vencedora”. Para Cristina Centeno, aliar o estudo à prática desportiva, é de louvar, recordando o esforço e a dedicação destes estudantes, com resultados positivos já demonstrados, bem como o caso dos muitos jovens que participam em diferentes modalidades na UÉ.

Depois de tirada a fotografia de grupo, Sérgio Pereira, em declarações à UÉ, mostra-se confiante na participação da equipa de futebol da Universidade de Évora nestes europeus de futebol universitário. Para o porta-voz da equipa, depois da realização do estágio que decorreu em Vendas Novas, a equipa “segue com a espectativa de alcançar o melhor resultado possível”, recordando que eliminaram os atuais “campões europeus em título”, na fase regular da competição. Visivelmente satisfeito, e com a equipa confiante e motivada, assegura que vão “representar o Alentejo, a Cidade e a Universidade da melhor maneira possível”, no fundo o “País”, remata.

A mesma ideia é defendida por Beatriz Azaruja. A Presidente da Associação Académica da Universidade de Évora (AAUE) mostra-se “bastante confiante, que a equipa alcance um bom resultado” levando o “nome da AAUE pela europa”.

Inserida no grupo B da competição, a equipa de futebol da Universidade de Évora venceu o seu primeiro jogo com a equipa da Universidade de Almeria, de Espanha, por 2-1, com golos de Marco Castelhano e Ivanildo, defrontando nesta fase de grupos, os franceses da Universidade de Lille e a equipa da Universidade do Chipre.

Publicado em 25.07.2017