Home / Canais / Academia
Portal EuroBird com participação da UÉ

A Universidade de Évora, através do Laboratório de Ornitologia (LabOr/ICAAM) é a única instituição de ensino superior portuguesa a participar no EuroBird Portal (EBP), do European Bird Census Council (EBCC), uma plataforma que envolve 81 instituições de 29 países, agregando os dados recolhidos por mais de 100 mil ornitólogos voluntários.      

Integrado no Grupo Investigação Funcionamento dos Ecossistemas e Conservação do Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas (ICAAM), o LabOr desenvolve ações de âmbito pedagógico, científico e de extensão sobre as aves de Portugal e do Mediterrâneo, entre as quais, a participação nesta plataforma que reúne os dados disponíveis em diferentes bases de dados online de registos de aves na Europa, permitindo assim visualizar padrões espácio-temporais da distribuição das espécies à escala europeia.

A maior e mais dinâmica plataforma de dados de biodiversidade baseada em citizen science na Europa apresenta, agora, um novo design, atualizado com 40 milhões de novas observações recolhidas em 2016 e novos mapas para mais de cem espécies de aves ao longo de todo o ciclo anual, para um período de sete anos.

Selecionar dois mapas animados de qualquer tipo de espécie/ano para visualização simultânea, permitindo efetuar uma comparação direta entre espécies, com mais de 30 milhões de combinações diferentes ou fazer zoom e incorporar os mapas em websites são duas das alterações introduzidas no EBP, tendo sido, ainda, alargada a cobertura geográfica dos mapas com dados provenientes da Bulgária, Chipre, Estónia, Grécia, Hungria, Israel, Roménia e Turquia.

O reconhecimento internacional da UÉ nesta área da biodiversidade e da conservação da natureza tem permitido uma crescente participação em iniciativas desta natureza. Carlos Godinho, membro do steering committee do projecto, frisa, neste âmbito, “o envolvimento num dos tópicos do momento que é a citizen science, estabelecendo-se uma relação entre a universidade e a comunidade, com benefícios para a sociedade”.

Cabe ao LabOr, no âmbito deste consórcio, o tratamento dos dados para envio à Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA), responsável pela plataforma PortugalAves/eBird em Portugal, onde centenas de observadores de aves amadores e profissionais depositam as suas observações para juntar aos registos globais do projeto. O investigador do Labor considera ser “motivante e recompensador verificar que as observações dos ornitólogos Portugueses são usadas num projeto desta magnitude, contribuindo para mostrar a distribuição das espécies de uma forma dinâmica à escala europeia”.

O coordenador do EuroBirdPortal, Gabriel Gargallo, espera “que esta versão melhorada do nosso portal contribua para a perceção do valor dos dados recolhidos pelos portais ao longo da Europa, bem como da importância da partilha das observações de aves. A visualização dos padrões de distribuição das aves à escala do continente Europeu só é possível graças ao contributo de 100.000 observadores voluntários que partilham os seus registos! Estamos hoje numa melhor posição para perceber alterações nos padrões de migração das aves como, por exemplo, uma nova rota migratória usada pelos grou-comum no Sul da Europa.”

A atualização EuroBirdPortal foi financiada no âmbito do projecto LIFE preparatory (LIFE15 PRE/ES/000002 / 2016-2018) aprovado em 2016.

Publicado em 11.01.2018