21 Setembro 2017
Página inicial / Canais / Ciência
Ilustração: DM
CIEP assina protocolo para investigação do Síndrome do X Frágil

A Universidade de Évora, através do Centro de Investigação em Educação e Psicologia (CIEP) assinou um protocolo de colaboração com a Novartis Farma com vista à realização de um estudo designado por “Avaliação do impacto da Síndrome do X Frágil em doentes e cuidadores, no Canadá, Reino Unido e Portugal.”

A Síndrome do X Frágil é a forma mais frequente de deficiência mental de origem hereditária. Estima-se que afete 1 em cada 4 mil homens e 1 em cada 6 mil mulheres.

Muitas vezes esta doença não está diagnosticada ou é erradamente considerada apenas como autismo, já que é também a forma mais comum de perturbação do espetro autista de etiologia conhecida.

Este projeto coordenado pelo Professor Vitor Franco, docente do departamento de Psicologia da UE, tem como finalidade a compreensão das características comportamentais, dos padrões de tratamento e a utilização de recursos em doentes com Síndrome de X Frágil (SXF), bem como a qualidade de vida relacionada com a saúde e a carga imposta aos cuidadores, a fim de caracterizar as necessidades da população-alvo.

JB | UELINE

Publicado em 05.02.2014