Home / Canais / Academia
Universidade de Évora recebe Dinossauros da Lourinhã
O ninho de Paimogo é um dos maiores embriões de dinossauro do Mundo, único na Europa, e faz parte da exposição “Dinossauros da Lourinhã”, inaugurada na Universidade de Évora, patente no Palácio do Vimioso até 3 de Abril.

A exposição reúne ainda uma nova espécie para a ciência, o Lourinhanosaurus antunesi, doado ao Museu da Lourinhã e cujo nome significa “lagarto da Lourinhã”. Com esta espécie, descoberta por Luis Mateus, foram também descobertos ovos, que fornecem importantes informações sobre a reprodução de dinossauros.

O maior predador terrestre do Jurássico, o Torvosaurus sp., viveu na zona da Lourinhã e o comprimento do seu crânio atinge 1,40m. Na exposição podemos ver a réplica em tamanho natural do crânio deste animal, única em Portugal.

O dragão com garras, draconyx loureiroi, é um herbívoro com cerca de 5 metros de comprimento que até hoje só foi encontrado na Lourinhã. Conhecem-se dentes, vértebras, um úmero e ossos das mãos e dos pés, que permitem a caracterização desta espécie.

Trata-se do mais relevante património do género em Portugal e está disponível na Universidade de Évora, bem como alguns quadros premiados, nos vários concursos internacionais de Ilustração de Dinossauros, patrocinados pelo Museu da Lourinhã desde o ano 2000.

Este é o resultado de uma parceria entre a Universidade de Évora, o Museu da Lourinhã e a Academia das Ciências de Lisboa.

Sofia Ascenso | UELINE
Publicado em 18.03.2011