Home / Canais / Academia
Dia Mundial da Água, este ano dedicado ao tema “Leaving no one behind”

Hoje, dia 22 de Março, é o Dia Mundial da Água, este ano dedicado ao tema “Leaving no one behind”, em português “Não deixar ninguém para trás”.

É a assinalar este dia que a Associação Internacional de Hidrogeólogos (IAH), presidida desde 2016 por António Chambel, Professor do Departamento de Geociências da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora, lança uma mensagem em vídeo sobre a importância da água subterrânea ao nível mundial; “a água subterrânea é de longe a maior fonte de água doce líquida do mundo, o recurso hídrico mais ameaçado, o recurso hídrico mais crítico para o desenvolvimento sustentável e ecossistemas saudáveis”. 

Raquel Sousa, Mestre em Ciências e Tecnologia da Terra, da Atmosfera e do Espaço pela Universidade de Évora, atualmente a trabalhar numa Organização Não Governamental na Guiné-Bissau, é um dos rostos deste vídeo, que chama a atenção  deste recurso vital para a humanidade. De facto, a água subterrânea corresponde a 97-98% de toda a água doce do Planeta em estado líquido, rega 45% de toda a área regada do Globo e é um recurso essencial para os abastecimentos domésticos e particulares em grande parte do Mundo. É também um recurso essencial para a manutenção e funcionamento de muitos ecossistemas que são dependentes de águas subterrâneas. E, por ser um recurso “escondido” debaixo do solo, é praticamente “invisível” para a maior parte das pessoas e também para a comunidade científica não específica. É por isso que, em 2022"Água Subterrânea" será o tema do Dia Mundial da Água, sob o tópico: Tornar o visível o invisível, proposta que já foi aprovada pela Organização das Nações Unidas.

A IAH é a maior e única organização internacional de profissionais da hidrogeologia, cuja  missão é promover o entendimento, o uso inteligente e a proteção dos recursos de água subterrânea em todo o mundo. É uma organização científica e educacional sem fins lucrativos integrada por cientistas, engenheiros, gestores da água e outros profissionais que trabalham nas áreas do planeamento dos recursos hídricos subterrâneos, da sua gestão, planeamento e proteção. Fundada em 1956, tem atualmente mais de 4.000 membros em mais de 130 países. A IAH pretende ser uma associação internacional líder para a ciência e prática da hidrogeologia e ser uma fonte de informação e facilitador globalmente reconhecido para a transferência do conhecimento das águas subterrâneas. Esforça-se por aumentar a conscientização sobre as questões da água subterrânea e trabalhar com agências nacionais e internacionais para promover o uso das águas subterrâneas, a fim de assegurar o acesso a água potável. A IAH também promove a proteção de aquíferos contra a poluição, a melhoria do armazenamento nos aquíferos e a gestão de recursos de água subterrânea para assegurar a sustentabilidade dos ecossistemas dependentes de água subterrânea.

Como Presidente da IAH, António Chambel é o principal representante da mesma em várias das principais organizações internacionais, como o Programa Hidrológico Internacional da UNESCO, a UN‑Water, a organização das Nações Unidas para a Água, o Conselho Mundial da Água (WWC), a Rede Internacional de Bacias Hidrográficas (INBO), tendo assento nas reuniões do Conselho Mundial da Água e, como observador com direito a intervenção, nas reuniões das Nações Unidas (UN-Water), bem como em reuniões sobre monitorização da água da UNESCO, etc. Tem igualmente participado ativamente nas reuniões da UNECE (Comissão Económica das Nações Unidas para a Europa) em relação aos dados estatísticos para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (SDG’s).

 Vídeo da rede Early Career Hydrogeologists (ECHN), uma rede oficial da IAH, um fórum para hidrogeólogos no início de carreira profissional ou académica.

Publicado em 22.03.2019