Home / Canais / Academia
Universidade de Évora homenageia Mecenas do Fundo de Apoio Social aos Estudantes

A Cerimónia de homenagem aos mecenas decorreu esta quinta-feira, dia 13 de junho, pelas 18h30, nos Claustros do Colégio do Espírito Santo da Universidade de Évora (UÉ).

“A Universidade reconhece assim hoje publicamente, através desta cerimónia, a generosa contribuição destes mecenas para que estes alunos possam ver garantido o seu futuro” sublinhou a Reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas. Com este mecanismo “estamos a contribuir colectivamente para que ninguém fique de fora do ensino superior, que ninguém seja afastado das suas aspirações, por razões de ordem económica; e que nós, como sociedade democrática, consigamos permitir a realização dos nossos jovens numa realidade competitiva, e por vezes adversa”, reiterou a Reitora da UÉ.

No ano letivo que agora termina (2018/19) foram apoiados estudantes da Universidade de Évora por verbas do Fundo de Apoio Social aos Estudantes da Universidade de Évora (FASE-UE), aos quais se juntam alunos apoiados pela Bolsa Joana Vasconcelos e pela Fundação EDP.

O FASE-UE tem como objetivo prestar apoio aos estudantes em situação de emergência social ou com manifestas e comprovadas dificuldades económicas. O apoio prestado a cada aluno tem a duração de um ano letivo, podendo cada aluno candidatar-se em anos letivos seguintes, e pode envolver, de acordo com o grau de necessidade apurado, o pagamento total ou parcial da propina respeitante ao ano em questão, senhas de refeição e/ou comparticipação dos custos de residência universitária.

A Bolsa Joana Vasconcelos é atribuída a estudantes da Universidade de Évora, de nacionalidade portuguesa, de baixo rendimento económico e com aproveitamento escolar, que frequentem o 2º. e 3º. ano do 1º Ciclo em Artes Visuais – Multimédia ou Design e/ou o 1º ano do 2º ciclo em Práticas Artísticas em Artes Visuais ou Design, do Departamento de Artes Visuais e Design da Escola de Artes da Universidade de Évora.

O programa de atribuição de bolsas de estudo da Fundação EDP, denominado “EDP Solidária – Educação” destina-se a comparticipar a formação de estudantes da UÉ que se encontrem inscritos nos cursos de 1º ciclo e Mestrado Integrado, possuam reconhecido mérito e, simultaneamente, apresentem carências financeiras.

Consciente da sua responsabilidade social e para colmatar questões como o insucesso ou o abandono escolar, a UE foi pioneira na criação deste mecanismo, em 2012, para o qual contribuem atualmente 17 mecenas, uma lista que de ano para ano tem vindo a aumentar.

Publicado em 14.06.2019