Home / Canais / Academia
Sistema inovador e único em Portugal desenvolvimento com participação da UÉ

Um sistema inovador em tecnologia solar desenvolvido no âmbito do projeto SHIP - Solar Heat for Industrial Processes, com a participação da Universidade de Évora (UÉ), foi apresentando ontem, dia 26 de junho no Parque do Alentejo de Ciência e Tecnologia (PACT), em Évora.

O projecto consistiu no desenvolvimento e demonstração de um sistema solar térmico para o fornecimento de calor a processos industriais, através da integração de tecnologias solares com concentração, bem como inovadores sistemas de armazenamento de energia sob a forma de calor latente. Promovido por um consórcio constituído por 5 organizações - 3 empresariais (MCG,OnControl e KEMET) e 2 entidades não empresariais do sistema de I&I (Universidade de Évora e INEGI) -  para além dos resultados apresentados, foi ainda promovida uma visita ao local onde o protótipo demonstrador está instalado, a empresa sediada em Évora, KEMET Electronics Portugal.

Desenvolver e demonstrar, numa abordagem holística, um sistema de integração directa de tecnologias solares térmicas de média temperatura em processos industriais, testando e validando-o e garantindo assim a sua aproximação ao mercado foi o principal objetivo deste projeto. Pretendeu-se desta forma, apresentar a um público-alvo específico e numa instalação real, as vantagens económicas e técnicas de uma solução inovadora. A sua implementação deverá resultar num aumento da eficiência energética da unidade industrial onde será instalado, na redução dos custos de energia e, também, contribuir para a disseminação de soluções de fornecimento de energia baseadas em energias renováveis, para além de demonstrar a sua exequibilidade e racionalidade económica.

No decorrer da investigação, foi desenhado, optimizado e instalado um sistema solar, com uma potência de aproximadamente 90 kW (a 180 ºC), correspondente a um campo solar de 184 m2, para fornecimento de calor a dois processos industriais da empresa KEMET Electronics Portugal em Évora. Foram incluídos vários elementos inovadores, nomeadamente ao nível da tecnologia solar (colector solar concentrador do tipo CPC quase-estacionário) e do armazenamento térmico de energia (calor latente utilizando materiais de mudança de fase). Verificando-se que praticamente não existem em Portugal sistemas solares térmicos na indústria e tendo em conta o nível de temperatura considerado - 180 ºC - esta instalação torna-se única a nível nacional.

Ao longo deste projecto e no seguimento duma colaboração já anterior no âmbito do projecto REELCOOP (FP7), a Cátedra Energias Renováveis, em parceria com a empresa MCG mind for metal, foram responsáveis pelo desenvolvimento e optimização para as condições da instalação, do colector solar do tipo CPC, projectado para trabalhar numa faixa de temperatura média (150 - 200 ºC). Este destaca-se por ser um colector que, apesar de concentrador (C> 2.5), não necessitar de sistemas de seguimento do Sol. Além disso, ao contrário das tecnologias de concentração tradicionais, o colector permite uma instalação completamente flexível em coberturas horizontais, inclinadas e até em paredes verticais que muitas vezes são as únicas superfícies desocupadas em contextos de parques industriais.

Co-financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional - FEDER - através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização - COMPETE 2020 / P2020.

Publicado em 27.06.2019