Home / Canais / Academia
Conferência sobre Municípios e Desenvolvimento Turístico no Alentejo, no auditório da UÉ

Na expetativa de criar um espaço de aproximação e de diálogo entre a comunidade e a academia, o auditório da UÉ recebeu, durante a tarde do dia 28 de novembro, a Conferência “Municípios e Desenvolvimento Turístico no Alentejo”.

A organização do evento contou com a colaboração de estudantes da UÉ e foi também este o público maioritário desta sessão cujo intuito era precisamente o de proporcionar ferramentas úteis àqueles que serão um dia profissionais no setor de turismo. Neste sentido, Jaime Serra, Diretor da Licenciatura em Turismo, salientou a importância desta componente prática que a UÉ oferece aos seus estudantes e que permite “uma aquisição de competências e de espírito crítico construtivo e objetivo”.

Na sessão de abertura esteve também António Ceia da Silva, Presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo, que através de um discurso encorajador, motivou os estudantes que visam trabalhar na área. “O Alentejo é a região nacional que mais cresce a nível turístico. A nossa oferta turística subiu de uma forma exponencial e, por isso, espera-se que se criem postos de trabalho neste setor.” Concluiu destacando aquele que é o desafio atual no turismo: “fazer do Alentejo um destino turístico sustentável, sendo inédito em Portugal, porque se pretende manter, conservar e gerir os bens”. Já Eduardo Luciano recordou a candidatura de Évora como capital europeia da cultura em 2027, como “uma oportunidade de criar uma estratégia de desenvolvimento cultural”. Para o Vereador da Câmara Municipal de Évora, “o primeiro desafio é fixar profissionais no turismo do Alentejo”, tendo realçado o papel da UÉ como organizadora destas iniciativas que são “essenciais para criar profissionais e mantê-los”. Concluiu alertando a plateia para a missão atual do turismo: “garantir que aqueles que nos visitam queiram voltar, mas mais importante do que isso, assegurar o bem-estar daqueles que vivem no território e criar condições para que cá fiquem”.

Esta sessão contou com dois painéis de oradores constituídos pelo Presidente do Município de Reguengos de Monsaraz, José Calixto, pelo Vice-Presidente do Município de Odemira, Ricardo Cardoso, pelas Vereadoras dos Municípios de Mértola e Coruche, Rosinda Pimenta e Célia Ramalho, respetivamente, e pelos responsáveis pelas áreas de turismo dos Municípios de Elvas e Alcácer do Sal, Rui Jesuíno e Rita Torres, respetivamente. Os convidados divulgaram as estratégias que implementam atualmente nos seus concelhos, tendo como elo comum a premissa de oferecer um turismo único e genuíno. Estas estratégias assentam em preservar os valores particulares de cada local fomentando sempre a região coletiva à qual pertencem, o Alentejo. Através de uma promoção individualizada de cada concelho, usando os elementos distintivos como forma de posicionamento no mercado global, procura-se o melhor para o turismo no Alentejo, tendo como base a identidade da região, onde sobressaem as tradições, a gastronomia, a cultura, o património e, principalmente, as pessoas.

Publicado em 29.11.2019