Home / Entrevista

Entrevista

No âmbito da XVII edição das Jornadas de Gestão, subordinado ao tema "“Indústria 4.0”, falamos com Rui Fragoso, diretor do Departamento de Gestão da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora, investigador do Centro de Estudos e Formação Avançada em Gestão e Economia (CEFAGE) e do Instituto de Ciências Agrárias e Ambientais Mediterrânicas (ICAAM) da mesma Universidade.

Publicado em 08.10.2019

O desenvolvimento sustentável é uma questão central no século XXI. Manuel Pedro Ivens Collares Pereira, à frente da Cátedra Energia Renováveis da Universidade de Évora entre 2010 e 2019, centrou a sua actividade, juntamente com a sua equipa, na Energia Solar de Concentração, com enfoque nas novas tecnologias de captação e transformação de radiação solar em calor e em electricidade, quer por via fotovoltaico quer por via térmica. Optimista por natureza, o investigador acredita no Plano Nacional Energia e Clima mas alerta que a mudança de paradigma exige uma alteração societal.

Publicado em 28.06.2019

Nélida Piñon , uma das mais reconhecidas vozes da literatura brasileira contemporânea, tem muito para nos contar. “Apaixonada pela modéstia do quotidiano” a galardoada com Prémio Vergílio Ferreira 2019,  revela-nos que escrever “é um ato de perseverança” e que “fiel à literatura pelo amor que lhe devota”, sente “não ter cedido às exigências do mercado editorial”; “olho para trás e vejo que foi muito bom ter sofrido as dificuldades e preconceitos. Nunca reclamei do meu destino literário”.   

Publicado em 08.03.2019
Entrevista a Maria Ilhéu

 

Maria Ilhéu coordena na Universidade de Évora, desde 2014, o Projeto LIFE Saramugo, que tem como principal objetivo a conservação das populações de Saramugo em 3 sub-bacias do rio Guadiana (Xévora, Ardila e Vascão), e a consequente inversão da tendência de declínio da população de Saramugo, classificada em Portugal como “Criticamente em Perigo”.

Publicado em 17.10.2018

Jorge Oliveira é professor no Departamento de História e diretor do Laboratório Pinho Monteiro da UÉ. Responsável pela transição da “arqueologia amadora” para uma “arqueologia profissional” na Universidade de Évora, participou e liderou inúmeras escavações arqueológicas no território alentejano.  

Publicado em 28.06.2018

No âmbito do II Seminário da Rede de Bibliotecas de Évora, subordinado ao tema "Bibliotecas em rede: gerir, preservar e divulgar" falamos com Fernando Gameiro, investigador do CIDEHUS da Universidade de Évora e coordenador da Rede de Bibliotecas de Évora (RBEV). Assumindo-se como uma rede da “dimensão da Cidade” esta, é a única rede portuguesa que integra bibliotecas de leitura pública, escolar e universitária. O catálogo oferece mais de 250 mil títulos, com acesso livre e disponíveis na internet.

Publicado em 18.05.2018

A propósito do Dia da Escola de Enfermagem S. João de Deus da Universidade de Évora, conheça o exemplo de Mariana Marques Silva. Esta aluna, natural da Lourinhã, distrito de Lisboa, encontra-se a frequentar o 3.º ano da licenciatura em Enfermagem, rumou até à cidade espanhola de Mérida para que, no âmbito do Programa de Dupla Titulação entre a Universidade de Évora e a Universidade de Extremadura, aprofundar os seus conhecimentos.

Publicado em 12.03.2018

“Precisamos mais do que nunca da Europa, vivemos numa era da globalização desordenada e desregulada” onde os “órgãos das Nações Unidas não têm capacidade de regular”, afirma a eurodeputada Ana Gomes em entrevista à Universidade de Évora.

Publicado em 03.10.2017

São múltiplas as facetas em que se desdobra o trabalho literário de Antonio Sáez Delgado. Especialista em literatura comparada, mais concretamente, em relações literárias entre Portugal e Espanha nas primeiras décadas do Século XX, Antonio, doutorado em Filologia Hispânica, é escritor, tradutor literário, investigador e professor de Literaturas e de Tradução na Universidade de Évora.

Publicado em 10.05.2017

À conversa com a escritora Teolinda Gersão, Prémio Vergílio Ferreira 2017.

“O escritor tem que escrever aquilo que ele acha que vale a pena ser dito, e tem que obedecer à sua verdade interior, ao seu próprio critério de valor, aquilo que ele acha que merece ser comunicado é ele que decide e mais ninguém”.

Publicado em 02.03.2017