Home / Prémios & Distinções
PlaCarvões
Projeto da UÉ galardoado com Prémio Economia Circular nas Instituições Não Empresariais do Alentejo

O projeto PlaCarvões "De Plásticos a Carvões Ativados – Economia circular nos plásticos agrícolas e urbanos", que integra uma equipa de investigadores da Universidade de Évora (UÉ), arrecadou o Prémio Economia Circular nas Instituições Não Empresariais do Alentejo, atribuído pela Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL) e Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA).

Este projeto que tem vindo a impulsionar um comportamento alinhado com os princípios da economia circular, encorajando as boas práticas, e ao mesmo tempo a desenvolver estratégias para o problema dos plásticos na agricultura recorrendo para tal, ao carvão ativado, foi o vencedor deste prémio que visa disseminar e reconhecer ideias, projetos e iniciativas na área da sustentabilidade e da economia circular, implementados ou a implementar na Região Alentejo, com carácter inovador e diferenciador

Segundo os investigadores da Escola de Ciências e Tecnologia da Universidade de Évora, João Nabais, Paulo Mourão e Isabel Cansado, “o carvão ativado é um material com uma capacidade extraordinária, neste caso em particular, para captar seletivamente líquidos ou impurezas no seu interior, tendo um elevado poder de clarificação e purificação de líquidos”. A equipa do projeto recorda ainda que "apenas 9% do plástico utilizado é reciclado” e mesmo, que a maioria dos plásticos sejam produzidos em centros urbanos, tem-se verificado um aumento do uso de plásticos na agricultura”. Se não foram tratados ou reciclados, os investigadores avançam que, “estes podem ficar nos solos e entrar nos alimentos sobre a forma de micropartículas prejudiciais à nossa saúde."

Foi para impulsionar um comportamento alinhado com os princípios da economia circular, encorajando as boas práticas, e ao mesmo tempo desenvolver uma solução para o problema dos plásticos na agricultura, que esta equipa de investigadores participa neste projeto liderado pela Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA), em parceria com a empresa Gestão Ambiental de Resíduos (Gesamb), e a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC).

Publicado em 02.12.2019